natal

Na volta do correio

Publicado em Atualizado em


Caro amiguinho leitor,

Recebi o teu pedido,
que me deixou encantado;
terás no teu sapatinho
o livrinho desejado.
Das histórias conhecidas,
a mais bonita escolhi;
já a tenho no trenó
guardadinha para ti.
Fala de um menino lindo,
vindo à Terra numa estrela
que ainda hoje ilumina
quem de perto quiser vê-la.
E se tu a souberes ler,
como acho que és capaz,
a estrela do menino…
nos teus olhos a terás.
Quanto a escrevê-la na Lua,
acho bonita a ideia;
o luar mostrá-la-á
nas noites de Lua cheia.
E para te ajudar
a cumprir o que desejas,
prometo e não vou faltar:
espalharei mais de mil cópias
levadas pelo vento norte
do Japão à Patagónia
em aviões de papel
mais rápidos que o meu trenó.
Levá-la-ão, podes crer,
a todo e qualquer cantinho
onde haja um menino só,
com vontade de chorar,
para ajudá-lo a sorrir,
a crescer e a sonhar.

Vou recolher à Lapónia
feliz como nunca estive.
Saberei notícias tuas
pela leitura do jornal.
Despeço-me até ao ano.

Teu amigo,
Pai Natal

Maria da Conceição Sousa Vicente

Anúncios